Tag de arquivos: marcia menegassi

    Olá Leitores, tudo bem com vocês? Vamos falar sobre como entrevistar um Cliente trabalhista. Inicialmente quando alguém lhe procura no escritório é muito importante você escutar toda a estória do Cliente, o que aconteceu no seu trabalho, para depois buscar qual orientação jurídica é mais adequada. Após esse momento, eu pelo menos costumo ter uma lista de perguntas, que claramente pode ser modificada por vocês, cujo intuito é abranger boa parte dos pedidos de uma reclamação trabalhista. Espero que vocês gostem desta dica e que possam utilizá-la no seu trabalho! Observações: Sempre digitalizar os documentos pessoais do Cliente na entrevista, formalizar o contrato de prestação de serviços (caso queiram posso auxiliar vocês com um modelo), preparar a procuração e a declaração de pobreza (caso seja necessário) hoje não é mais um requisito, posto que o novo Código de Processo Civil dispõe que a simples menção da hipossuficiência na

Olá Leitores tudo bem? Hoje vamos falar de um assunto bastante delicado que mostra a necessidade de maior união na classe dos Advogados, cujo intuito é o de buscar padronizar valores de honorários para diligências, já que atualmente existem muitos Advogados trabalhando em troca do recebimento de honorários irrisórios! Espero que este artigo leve os leitores a pensar melhor sobre esta causa e a se mobilizar para buscar um melhor retorno para todos os profissionais da área. Advogar não é para qualquer um, porém é uma aventura deliciosa para aqueles que gostam de estudar, de defender as pessoas e trabalhar incessantemente, pois somente desta forma é possível atingir um bom patamar na profissão. Aqui vamos falar especialmente dos Advogados que possuem escritórios, ou que prestam serviços para escritórios, pois são os profissionais que mais realizam diligências em todo o país. O retorno financeiro da Advocacia não é imediato, ele vem

  A Justiça do Trabalho deve ser considerada um dos pilares que medem o desempenho da economia Nacional. Desde o seu surgimento, quando da entrada em vigência da Consolidação das Leis Trabalhistas, o trabalhador pôde sentir, ao menos através de um instrumento formal, a defesa dos seus interesses legais, morais e econômicos, cujo principal intuito era o de reduzir, ainda que em parte, a grande disparidade social existente entre Empregador e Empregado, ressalvando as garantias constitucionais. Com efeito, ao longo dos anos o país enfrentou questões políticas e econômicas importantes, principalmente com a chegada da globalização, percebendo que problemas financeiros de outros países também poderiam nos afetar financeiramente, já que temos indústrias exportadoras e importadoras, as quais abastecem um gigante mercado de trabalho interno. Dessa forma, a sociedade precisou se adaptar a uma nova realidade, e no mesmo sentido, a Justiça do Trabalho também se esforçou em acompanhar as evoluções

3/3