DICA MASTER DO BLOG: CHECK LIST PERGUNTAS PARA CLIENTE TRABALHISTA

DICA MASTER DO BLOG: CHECK LIST PERGUNTAS PARA CLIENTE TRABALHISTA

 

 

destaque2

Olá Leitores, tudo bem com vocês?

Vamos falar sobre como entrevistar um Cliente trabalhista. Inicialmente quando alguém lhe procura no escritório é muito importante você escutar toda a estória do Cliente, o que aconteceu no seu trabalho, para depois buscar qual orientação jurídica é mais adequada. Após esse momento, eu pelo menos costumo ter uma lista de perguntas, que claramente pode ser modificada por vocês, cujo intuito é abranger boa parte dos pedidos de uma reclamação trabalhista. Espero que vocês gostem desta dica e que possam utilizá-la no seu trabalho!

Observações: Sempre digitalizar os documentos pessoais do Cliente na entrevista, formalizar o contrato de prestação de serviços (caso queiram posso auxiliar vocês com um modelo), preparar a procuração e a declaração de pobreza (caso seja necessário) hoje não é mais um requisito, posto que o novo Código de Processo Civil dispõe que a simples menção da hipossuficiência na petição de ingresso é suficiente. Porém, caso queiram podem continuar fazendo a declaração, lembrando que a fundamentação legal mudou, não sendo o caso de identificar a Lei 1060/50. Caberá ao Juiz requerer prova da alegada hipossuficiência ou prosseguir com a reclamação. Vamos lá ao Check List, que é apenas uma sugestão:
1 – Nome completo, endereço, telefone para contato.

2 – Período do contrato de trabalho. Função exercida. Delimitar todos os períodos.

3 – Possui registro em carteira de trabalho?

4 – Já se desligou da empresa?

5 – Em caso positivo, recebeu todas as verbas na rescisão?

6 – Usufruiu férias? Além de usufruir os 30 dias, as férias foram pagas? Caso não tenha usufruído férias ou recebido os valores, delimitar quais os períodos.

7 – Qual era o horário de trabalho diário? Caso houver mais de uma jornada de trabalho, delimitar todas elas, e em quais períodos. Fazia em média quantas horas extras por dia, ou quais dias costumava trabalhar além do horário contratual?

8 – Trabalhava em sábados e domingos?

9 – Sofreu acidente de trabalho? ou possui dores ou lesão decorrente do trabalho? Neste caso tem documentos médicos de atendimento? Exames e atestados?

10 – Sofreu assédio moral ou sexual? O assédio moral é tanto do superior da empresa quanto do colega de trabalho que fala algo que prejudica o empregado.

11 – Recebia insalubridade ou periculosidade? Se não recebia o ambiente era insalubre ou perigoso? Quais eram as atividades e em qual local de trabalho?

12 – Trabalhava em horário noturno? Em quais períodos trabalhou em horário noturno?

13 – Recebia menos que colega de trabalho que desempenhava as mesmas funções?

14 – Permanecia em regime de sobreaviso? Plantão?

15 – Recebia cesta básica ou alimentação gratuita da empresa?

16 – Quantas horas demorava no trajeto residência-empresa-residência. Quanto tempo gastava para ir ao trabalho e quanto tempo para voltar sua residência? Havia ônibus fretado pela empresa e desconto de vale transporte?

17 – A empresa fica localizada longe de sua residência? Havia transporte público no mesmo horário que ia ao trabalho e voltava para casa?

18 – O cartão de ponto da empresa marca o horário correto de trabalho?

Espero que gostem. Deixem aqui suas dúvidas e sugestões que será um prazer ajudar.

Beijos

Marcia Menegassi

Ah! Dúvidas mais específicas estou disponível no e-mail: marcia@marciamenegassi.com.br

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *